Welcome

Bem vindos à Caelum Online. Divirta-se neste mundo de realidade virtual cheio de mistérios, rumores e muita luta! Dizem por aí que algo de muito estranho circunda esse jogo. Será verdade?

RUMORES
RUMORES
NEWS
NEWS
Últimos assuntos
» Mais um novato na area!
Sex Jun 17, 2016 6:02 pm por Vincent Eldoras

» Registro de Imagens
Sex Jun 17, 2016 5:59 pm por Vincent Eldoras

» Um RPG interessante
Sex Maio 27, 2016 8:19 am por Michael Samson

» [CHAT] - Vamos conversar!
Sab Abr 02, 2016 1:39 pm por Aesthesys

» Eu estou aqui!
Sab Jan 30, 2016 1:29 am por Morrighan

» New guy comes to say hello
Sex Jan 29, 2016 6:27 pm por Balzack

» Eu voltei!
Seg Jan 11, 2016 5:37 am por Aesthesys

» [F.A.Q.] - Perguntas
Sab Jan 09, 2016 5:41 pm por Midnight

» [Aventura] - Aqualino
Sex Jan 08, 2016 6:22 am por Aqualino

VAGAS


6/9


Parceiros

PARCEIROS

Nosso banner:

____________________________________





Créditos

CRÉDITOS E AGRADECIMENTOS

CAELUM ONLINE é um rpg ambientado dentro de um ''jogo online'', com bases e referências de Sword Art Online, .Hack, Monster Hunter e Log Horizon. O role play game foi desenvolvido por Aesthesys. A skin e uma parte dos gráficos do fórum foram construídas pelo colaborador The Unnamed King. As imagens foram retiradas do site zerochan, deviantart e google e pertencem a seus respectivos autores.
É estritamente proibida a cópia de imagens, códigos ou sistemas do jogo sem a autorização prévia do dono do fórum. Agradecimento especial para todos que colaboraram com esse projeto, pois sem eles, eu jamais teria seguido em frente com essa ideia.

Muito obrigado! ??????

Aventura - O que era aquilo, afinal?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Aesthesys em Sex Fev 27, 2015 9:58 am

Tópico da aventura do player Fenris.

Narrada por: Aesthesys.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Dom Mar 01, 2015 9:03 pm

E mais uma vez me pegava encarando aquele capacete desajeitado. Aos meus olhos, o SVR era uma peça fria de metal, pesado e desconfortável demais, algo digno de ser protótipo e não produto final. Um design mais amigável e confortável, com certeza faria com que suas vendes alcançassem outro patamar. Na verdade se conseguisse reduzir o tamanho daquele capacete, tornando-o compacto como óculos especiais, até mesmo poderia atingir pessoas com pouco tempo livre, quem sabe poderia ter jogadores casuais, que apenas acessassem seus jogos enquanto iam para o trabalho ou escola. Algo assim seria um incremento fantástico, apesar de que condições como conexão local com a internet poderia ser problemáticas em diversos países. Se realmente quisesse algo assim, provavelmente seria necessário um projeto massivo em escala global, irreal a principio, mas de fato algo assim poderia acarretar diversos lucros, talvez com ajuda dos estados.
 
Afundava-me na cadeira branca na qual estava. Era engraçado começar a pensar tudo isso agora, há alguns dias nunca tinha ouvido falar em SVR ou Caelum. Tudo começava apenas com uma viagem a pedido da empresa, queriam tratar de alguns assuntos pendentes e bem, SVR me parecia uma forma boa o bastante de matar o tempo entre reuniões. De fato não acreditava realmente que ele era de fato tudo o que prometia, me parecia irreal, um excesso de marketing. Apenas podia pensar que aquilo não passava de uma brincadeira muito bem elaborada, mas na primeira vez que usava aquele aparelho, aprendia o quanto meus pensamentos estavam errados. Ainda sentia o peito bater mais forte ao lembrar aquela experiência, precisava de mais daquilo. Era justamente isso que tinha me guiado aos fóruns do jogo, e era exatamente isto que me fazia ignorar o horário para o voo de volta. As malas estavam prontas de uma forma ou de outra, e ainda tinham algum tempo antes de sair, com sorte e se jogasse pouco chegaria bem a tempo para tomar meu avião.
 

De toda forma, daria um jeito nisso depois, o jogo me esperava. Enfim decidido, apoiava os óculos em uma bancada, e tomava aquele pesado elmo. A cama em que estava nunca havia parecido tão imprópria para dormir como naquele momento, mas isso não importava enquanto vestisse o SVR. De olhos fechados, apenas esperava até onde poderia ir, não sabia o que esperar com a missão , era uma caça as bruxas de fato, poderia esbarrar em um gato de olhos vermelhos, players com péssimas intenções, ou quem sabe alguma criatura.  Uma pena que nunca saberia se não jogasse. E era isso que fazia, inicia o aparato com o comando tradicional, finalmente caindo de cabeça naquele mundo virtual. De fato, tudo em Caelum era real demais, a textura do ferro em meu corpo, o cheiro da cidade, tudo uma obra-prima, adoraria dispor de mais tempo para aproveitar o local, mas compromissos me forçavam a ir diretamente até o Crystal Gate, buscaria apenas a missão por hora. E era por isso que me teleportaria para a Floresta Encantada, adentraria naquela floresta e descobriria aquilo que devia fazer.

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 01

Mensagem por Aesthesys em Seg Mar 02, 2015 6:48 am

O mundo que você conhecia havia ido embora. Depois da escuridão daquele capacete, novas cores começaram a serem traçadas diante dos seus olhos de uma forma surpreendentemente rápida. Num instante você começou a perceber que as especulações perante o SVR não eram bobagens, e que a invenção daquele aparelho ainda em teste, com certeza, seria marcada permanentemente na história. Derrepente um burburinho começou a invadir seus ouvidos, e uma estranha movimentação parecia cercar o seu corpo. Ao olhar, você percebeu que estava em uma Praça cheia de pessoas ao seu redor conversando. Uma árvore gigantesca no meio do lugar fornecia uma sombra acolhedora às pessoas em sua volta. Abaixo dela, pairava o Crystal Gate pelo qual você decidiu se aproximar.

Curiosamente seu acesso à Floresta Encantada pelo Crystal Gate falhou, ou sequer esboçou reação aos seus comandos. Talvez você devesse descobrir o porquê.

Mas como?


Seja bem-vindo a sua primeira aventura Fenris! Eu estou testando um modo novo de se narrar uma aventura e tentando implementá-la no fórum todo. Curiosamente, ela é mais próxima ao RPG de mesa e mais demorada. No entanto, apesar de demorada, ela promete uma frequência maior de post's, logo, isso não quer dizer que será uma aventura parada!

Esse jeito de narrar é muito mais ligado ao momento. Vamos vivenciar cada passo seu dentro de Caelum como se ele estivesse passando no presente. Ok? Espero que goste, e que também você dê seu feedback quanto à isso. É muito importante que vocês jogadores gostem deste modelo de Narração.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Ter Mar 03, 2015 10:28 pm

Céus, como tudo aquilo parecia real. Mal acreditar que estava em um jogo, causava uma sensação incomoda, tudo parecia surreal demais para mim. Na verdade sentia-me um tanto quanto intimidado por aquele mundo, se qualquer um parasse para pensar um lugar como Caelum era assustador. O que realmente dividiria os jogos da realidade? Se fossem ambos tão idênticos? Claro que as cores vistas quando iniciava o sistema, ou até mesmo o surgir repentino das vozes, me faziam notar que aquilo era irreal, mas ainda assim, mesmo que soubesse de tudo isso, mesmo que sussurrasse para mim mesmo que estava dentro de um jogo, era difícil acreditar em minhas próprias palavras.
 
Minha primeira visão era a de uma praça, repleta das mais diversas pessoas. Eu mesmo parecia diferente, de fato meu corpo parecia ter se mantido, mas a estranheza de todo aquele ferro no corpo me causava uma sensação de ego única, sentia-me mais inflado que um balão prestes a estourar. E era por isso que caminhava diretamente para aquela árvore massiva, larga de tronco e de altura, responsável por criar uma muito bem-vinda sombra para todos que caminhavam naquela praça. Ela era linda, assim como todo o cenário que via a minha frente, tão natural quanto poderia ser possível ser, até mesmo me indagava sobre a quantidade de tempo e esforço necessária para criar algo deste porte. De fato tinha duas certezas, qualquer um que tivesse o talento necessário para criar uma obra-prima como aquela teria um lugar garantido na companhia de meu pai. Assim como tinha a certeza real de que meu objetivo estava bem abaixo daquela árvore, um cristal flutuante de aparência pesada demais. Sinceramente, me parecia impossível algo daquele porte simplesmente levitar, mas estávamos dentro de um jogo, de modo que relevaria uma ou outra coisa. Aproximava-me do Crystal Gate, e com uma temerosa expectativa realizava os comandos que julgava serem corretos, tudo para dar de cara em com uma grande falha.
 
Aquele enorme pedaço de minério nem ao menos respondia ao que quer que tentasse fazer. Estaria pulando alguma etapa, ou nem ao menos precisaria daquele cristal para ir até a Floresta? Era difícil dizer, eu mesmo me sentia completamente perdido com tudo que acontecia ao meu redor, talvez eu realmente precisava de alguma ajuda para com tudo aquilo.  Até onde podia dizer, a melhor forma de conseguir algo assim, seria perguntando a alguém das proximidades, era isso que fazia. A praça estava cheia, de modo que escolheria alguma pessoa que ao meu ver pudesse conter a informação necessária, caminharia até ela, e então falaria casualmente.
 

- Com licença, pode me mostrar como faço para chegar a Floresta Encantada? Comentaria pronto para seguir as instruções entregues.

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 02

Mensagem por Aesthesys em Qua Mar 04, 2015 7:45 am

Você se aproximou a um grupo de 5 jogadores que estavam bem próximos dali. Todos eles conversavam entre si e realmente pareciam nutrir certa amizade um com o outro. Sua voz fez com que a pequena rodinha de amigos se abrisse, e por um momento, todos eles ficaram te olhando dos pés a cabeça com estranheza. Aqueles poucos segundos pareceram uma eternidade, até que uma jovem moça de cabelos castanhos e curtos na altura do pescoço quebrou o gelo.

- Você deve ser novato, não é? – Ela dizia, num tom animado e com demasiada simpatia. – Você atualmente se encontra na Praça Arterial, e ela se chama assim justamente porque é o lugar que nos liga para quase todos os cantos dessa cidade. – Ela explicava o cenário enquanto fazia um movimento circular com a ponta do dedo apontando para cima. Se você olhasse ao redor - como os gestos das mãos dela sugeriam -, veria que várias ruas eram interligadas a praça circular. – Para chegar até a floresta você deve seguir ao Sul. Está vendo essa árvore atrás de você? Se você olhar para ela, estará mirando o Norte. Então... – Ela sorria, sabendo que você já havia deduzido a explicação. – Você deve seguir aquela rua ali. – Apontava para trás de você.


Última edição por Aesthesys em Sex Mar 06, 2015 7:42 am, editado 1 vez(es)

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Qui Mar 05, 2015 6:07 pm

Considerava-me sortudo em encontrar tão facilmente aquele bando de aventureiros. Um quinteto que a mim parecia amigável e prestativo, até mesmo para com um desconhecido completo. De fato, a forma como eu era encarado, me fazia realizar o quão estúpida tinha sido minha pergunta. Apostava que para eles não passaria de um completo novato, alguém que mal havia lido os manuais do jogo, mas ficava contente em ter a pergunta respondida pela mulher. Mal aguentava a eternidade percorrida entre o momento de minha pergunta, e da resposta direta, agradecia a forma didática com a quão era explicado, não esqueceria um ato como aquele. Mantinha os olhos fixos na garota acenando com a cabeça em positiva, quando era perguntando sobre meu tempo de jogo. Seria saber sobre aquelas informações, ao que indicava o Crystal Gate, não era tão onipotente como esperava a primórdio.
 

- Entendo. Completaria com um sorriso amistoso. - Obrigado, foi de grande ajuda, devo conseguir me guiar agora. Manteria o ar de confiança enquanto me despediria do grupo com outro aceno com a cabeça e me afastaria a caminho da Floresta Encantada, na verdade gostaria de estar eu mesmo em um grupo como aquele, mas sentia-me deslocado de certa forma. Se ao menos pudesse reunir um bocado a mais de conhecimento referente aquele mundo, poderia muito bem começar a buscar integrantes para montar grupos, apostava que as missões seriam muito melhores caso jogasse-as em grupo. Assim que estivesse pronto o faria, mas até lá descobriria o máximo possível por mim mesmo. Era justamente por isso que caminharia sozinho na direção indicada, seguindo ao sul em busca de meu objetivo. Cada passo fazendo o som metálico ecoar levemente em meus ouvidos, uma melodia continua que já havia me conquistado, assim como Caelum já fizera. 

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 03

Mensagem por Aesthesys em Sex Mar 06, 2015 7:43 am



Você havia se contentado com o comportamento amistoso daquele pequeno grupo prestativo de jogadores. Talvez por isso, não havia percebido que ao se virar eles ainda mantinham um olhar um pouco suspeito sob você, acompanhando seus passos e comentando coisas em voz baixa por entre eles mesmos. De fato, a explicação dada pela garota parecia estar correta, e agora você atravessava a saída de Vennas deixando para trás toda aquela multidão de jogadores. Um cenário incrível se abria diante dos seus olhos, onde uma calmaria podia ser notada. Uma ponte larga e comprida se abria por entre as águas que banhavam toda Vennas, e só então, você pode notar que Vennas se tratava de uma ilha, provavelmente. As águas do mar eram estáveis e de um azul cristalino. Se você parasse sob a beira da ponte por alguns instantes, sentiria uma brisa leve e revigorante soprar por entre seus cabelos. Ah... Isso tudo era tão real!

Uma pequena murada de proteção que batia na sua cintura se estendia naquela ponte. Em distâncias bem distribuídas, tochas eram colocadas para provavelmente facilitar a passagem dos jogadores durante a noite. Ao você olhar para o horizonte, veria que essa ponte dava origem ao começo de uma espécie de bosque, onde uma coloração viva e verde era predominante. Seria ali o início da Floresta Encantada? Vez ou outra durante sua caminhada alguns grupos de jogadores passavam entre você. Alguns até se arriscavam a acenar brevemente com a cabeça em sua direção, e todo aquele ambiente parecia ser carregado de uma agradável aura.

Dado um tempo, você havia atravessado a ponte e uma sensação de cansaço o fazia lembrar que talvez ela fosse um pouco comprida demais. Ao olhar para frente e analisar o local, você observaria uma clareira no meio das arvores. Ela tinha uma grama rala, e era cercada por uma mata com vegetações e arbustos baixos, onde os galhos e folhas das arvores cobriam e criavam sombras mais adentro da floresta.

Neste momento dois jogadores passavam distraidamente ao seu lado, e você pôde pegar um pequeno trecho da conversa deles quando os mesmos andaram adiante.

- Você escutou aquele grito? Terrível... - Sussurrou um deles. O outro respondeu em seguida:

- Cara, acho que vou ficar um tempo sem vir aqui novamente.


PS.: Favor linkar sua ficha na assinatura.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Ter Mar 10, 2015 5:18 pm

Descobrir o caminho correto era um verdadeiro alivio. Subitamente Caelum me parecia muito mais grandioso, me perder em um lugar como aquele seria o mesmo que fazê-lo em um centro movimentado. Ao menos poderia dizer por experiência, que algo assim não era uma situação exatamente prazerosa. Passaria horas caminhando até achar meu rumo, não dispunha de tanto tempo no momento, precisaria apertar o passo se quisesse chegar logo a floresta, ainda assim sentia que aquele mundo não colaboraria com minha pressa. De súbito a paisagem solida de uma cidade dava lugar à outra completamente diferente, única de seu modo.  Não deixava de observar com surpresa estancada no rosto, tudo era real demais. Aquela ponte sólida, a água cristalina abaixo de nós, o cheiro salgado do mar, até mesmo aquela brisa delicada que atingia meu rosto. Sentia o sorriso crescer largo sobre o rosto, não podia negar que estava adorando aquilo.
 
Estava revigorado, repleto de uma energia pura e contagiante. Sentia-me até mesmo como uma criança pequena, que em seu pequeno universo, acaba de desvendar mais um segredo, comum a todos os outros. Tudo era tão lindo, tão perfeito, poderia até mesmo passar horas sentado por sobre aquela ponte, apenas sentindo aquela brisa confortável, mas o Bosque estava tão próximo que sentia impelido a desbrava-lo. Era de um verde tão vivo e raro, que sentia o coração virtual pulsar mais forte, florestas como aquelas eram raras, cada vez menos existentes em nosso mundo, era por isso que pareciam tão belas. Ainda assim, nesse mundo onde o real se mesclava com o original, elas ainda eram deslumbrantes. Todo aquele ambiente era agradável na verdade, até mesmo as pessoas que passavam ao meu redor, alguns até mesmo arriscavam cumprimentos a um estranho, sendo esses, retribuídos por um sorriso ameno meu, que era acompanhando de um aceno leve com a cabeça. Mantinha minha caminhada muda, até chegar a uma grama rala, mal a sentia pelo peso das botas férreas, mas o cansaço aparente era outra história. Estava a instantes de entrar naquele bosque quando ouvia a conversa de dois jogadores, ao menos agora tinha certeza de que aquele era o lugar certo.
- Com licença. Dizia me aproximando da dupla. - Podem me falar onde foi que ouviram o grito? Perguntava, pronto para agradecer uma resposta e caminhar na direção mostrada.
Off:
Ficha adicionada a imagem, desculpe a demora no post, me enrolei com a facul õ/

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 04

Mensagem por Aesthesys em Qui Mar 12, 2015 10:11 am


Os dois sujeitos estacaram sua caminhada, entreolhando-se brevemente antes de virarem sob os ombros e te perceberem ali. Era como se eles refletissem se deviam dizê-lo ou não. Um deles até mesmo gaguejou, antes de virarem o corpo em sua direção.

- Ãhn... Eu não sei dizer direito. Estávamos upando a Leste da Floresta, um pouco mais adentro. Porém o grito parecia ter vindo um pouco mais a Oeste de onde estávamos. – O rapaz possuía uma pele morena, cabelos negros, longos e carregava uma lança dourada em mãos. Ele olhava para seu parceiro em busca de confirmação, um pouco mais baixo, pele alva e com uma túnica que mais se assemelhava a de um mago ou coisa assim. Ele era um usuário de adagas gêmeas.

- É isso mesmo. – O segundo rapaz confirmou. – Mas tome cuidado. Se você não for um Navegador, pode facilmente se perder. Além do mais, evite se meter em problemas que não sejam seus. Falo por experiência própria... – Uma expressão meio preocupada tomava conta dele. Talvez estivesse se lembrando de algo passado.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Dom Mar 15, 2015 6:35 pm

De certa forma estranhava a reação daquela dupla. A hesitação em suas vozes era tão clara que me fazia estreitar os olhos. Estariam aterrorizados, ou simplesmente estava perdendo algum fator importante? Não sabia com certeza, podia ter minhas teorias, mas nada concreto o bastante. Sugerir algo seria precipitado, sabia disso, tudo que podia fazer era esperar a resposta que vinha após uma espera pouco confortável. A criatura parecia estar a oeste, um tanto profunda naquela floresta. Na verdade era difícil pensar em um lugar como tão belo, sendo usado como moradia de uma criatura tão assustadora. Não sentia como sendo um dever, não era ingênuo o bastante para isso, mas ainda assim, não podia negar a vontade que nutria em eliminar aquilo que causava discórdia em um local como aquele.
 
Apoiava a palma da mão por sobre o cabo da espada embainhada. Agradecia o aviso, assim como o fazia para com a obvia preocupação que aquela dupla parecia ter. De fato a criatura parecia ser imponente, monstruosa em seu próprio ponto de vista, mal podia esperar para esbarrar com ela. Na verdade, qualquer coisa que fizesse duas pessoas como aquelas recuarem, merecia a atenção de minha arma, não é todo dia que se vê portadores de armas recuarem perante um rugido, além do que, essa era a situação perfeita para testar os limites entre jogo e realidade. A dúvida perante qual seria a sensação de enfrentar algo como aquilo, estava prestes a inundar meu peito. Sorria amistosamente em resposta ao aviso do usuário de adagas. A comunidade daquele local chegava a me parecer estranhamente amistosa, gostava disso.
 

- Obrigado pelo aviso, fico grato pela preocupação. Comentava, calmamente mirando a floresta a nossa frente. - Neste caso, poderia me responder mais algumas coisas? Sou um completo novato e não tive muito tempo para ler o manual, então poderia me explicar o que acontece quando se morre dentro do jogo? Somos teleportados para algum lugar correto? A, e onde poderia encontrar um navegador disposto a entrar comigo na floresta? Falaria com uma animação simples e decidida, não poderia recuar agora. Assim que tivesse minhas respostas, agradeceria e partiria rumo a parte mais oeste da floresta, confiaria que tinha ao menos conhecimento o bastante para localizar um trecho do local. Algo assim na verdade me deixava curioso, a forma como a garota anteriormente tinha se referido ao caminho era curiosa, seria ela uma navegadora?

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 05

Mensagem por Aesthesys em Ter Mar 17, 2015 10:50 am

Ambos se olharam por um instante como se quisessem rir com a notícia, mas não o fariam porque provavelmente seria rude demais.

- Você é um novato?! Bem... Não me surpreende tanto. – Disse o mais alto. Seu parceiro logo lhe veio com a resposta:

- Ao morrer você volta para a Praça Arterial. Seus £eões e sua arma ficam com você, mas seus itens no inventário serão dropados e perdidos. De qualquer forma, não é nada legal morrer aqui.

- A propósito, eu sou um Navegador.
– Disse o usuário de duas armas. – Mas eu não estou nem um pouco a vontade de voltar pra essa floresta hoje. Quer dizer... Não depois do que ouvimos, sabe? – Os dois se olharam novamente.

- Mas você pode encontrar bons navegadores na Sorriso Dourado. – Ele continuou. – É só procurar por um informante, ele te dirá. Geralmente os informantes aqui dentro costumam cobrar pelos seus serviços... Então não sei se seria de grande ajuda. – Ele sorriu amigavelmente.

- Devemos ir agora, pedi uma pizza há 20 minutos atrás. – O portador de lança interrompeu.

- Sim, até mais!

Junto a ele, o navegador acenou pra você e ambos se viraram de costas, rumo a Praça Arterial

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Dom Mar 22, 2015 10:15 am

Acenava em concordância com a resposta da dupla, ambos pareciam ocupados e eu agora tinha algo a mais para poder pensar. Precisaria de dinheiro no momento, mas como novato que era, e julgando o estado da floresta, tudo parecia complicadamente difícil. Acenava agradecendo pelas informações da dupla, me despedindo deles. Sorriso Dourado, já tinha um lugar para ir após a floresta, mas não podia fazê-lo sem dinheiro. Por sorte minha, tinha tido a sensatez de buscar o rastreio como uma de minhas pericias, achava-me pronto para poder encontrar a criatura, o único problema, seria o que aconteceria após eu encontra-la. Se em um caso ainda assim pudesse vencê-la, provavelmente me perderia no caminho de volta, e pela forma que aqueles dois se portavam, julgava não ser sábio  fazer o log-off em um campo como aquele. Ainda assim precisava de algum valor monetário comigo, precisava sentir como era aquele mundo.
 

Era isso que me impulsionava a pura curiosidade. Caminharia para dentro da floresta com o punho canhoto repousando por sobre a espada.  Já havia praticado lutas com armas como aquela, sabia o que fazer se fosse pego em combate, era isso que almejava no momento, queria saber como me portaria, se seria tão real aqui quanto era do outro lado. Caminharia aparentemente perdido pela floresta, mas ainda seguiria mesmo que levemente as dicas dadas anteriormente, buscaria adentrar na floresta tanto quanto me atrevesse buscando sempre a direção onde à dupla havia ouvido os urros da fera. Estava em uma missão atrás dela, e por mais que duvidasse do sucesso da missão, ainda tinha de fazê-la, ou minimamente tentar fazê-la. Buscaria manter os olhos sempre bem abertos par ao que via, pronto para desembainhar a arma ao primeiro sinal de qualquer ação hostil contra mim.

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 06

Mensagem por Aesthesys em Ter Mar 24, 2015 7:37 am

Não lhe restando alternativa você entrou com cautela na floresta. O chão era forrado por vezes com uma grama rala, outrora apenas terra. Troncos se erguiam até onde seus olhos podiam ver naquela paisagem estreita de mata. Pequenos arbustos se alojavam pra todos os lados, e era bastante comum você ter que se esgueirar por troncos mais baixos do que deveriam ser. As arvores forneciam sombra (e isso de certa forma lhe dava algum conforto), porém, até então tudo parecia ser apenas uma caminhada relaxante em um dia de verão. Nada do que os olhos amedrontados daqueles dois jogadores pareciam temer tanto.

Enquanto você caminhava, dada a sua atenção, foi possível escutar um pequeno farfalhar entre as folhas. Naquele instante não foi possível distinguir a direção, mas julgando a situação, isso não importava: os perigos da floresta eram comentados demais por Ethernity para que você os ignorasse.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Sex Abr 03, 2015 10:07 am

De certa forma, estranhava aquela sensação. Mesmo vestido com a armadura pesada, todos os movimentos pareciam mais leves e simples que o normal. Talvez fosse essa uma das vantagens de se vestir algo como aquilo diretamente em um jogo, e não em vida real. Ficava um pouco curioso para saber como seria vestir aquela armadura fora do jogo, talvez ainda poderia conseguir fazê-lo se encontrasse alguém disposto a fabricar a armadura. De todo modo, a floresta era realmente viva. Era raro encontrar algo nela, que a identificasse como sendo parte de um jogo. O cheiro da grama rala invadindo o ar, a robusteza dos troncos atirados no caminho, até mesmo o conforto que sentia na sombra das árvores parecia real demais. Era estranho, por que os outros dois teriam tanto medo de um local que parecia tão amistoso? Talvez, tudo aquilo não passasse de boatos.
 
Sentia que seria cedo para tomar qualquer decisão, então me mantinha em rumo direto. Era arriscado se perder na floresta, percebia isso assim que ouvia aquele farfalhar de folhas. Não sabia a direção de onde vinha, tampouco podia dizer o que havia feito aquele barulho, mas ele era o bastante para me estancar no local onde eu estava. Seria amigo ou inimigo? Se afirmasse qualquer um dos dois, não faria mais do que tentar adivinhar, não tinha tempo nem desejo de descobrir a morte naquele mundo, todo cuidado seria pouco. Mantendo a postura ereta ergueria o olhar para o que estava ao meu redor, buscando algo ou alguém, ainda apoiando o braço por sobre a espada. Tinha a sensação de que tudo poderia acontecer, mas era pouco provável que me permitira ser pego de surpresa. Apenas buscaria descobrir o que poderia sair dos arbustos para só então reagir de acordo.

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Aesthesys em Seg Abr 13, 2015 1:06 pm

TURNO 07


Você olhava ao redor, mas tudo o que ouvia era silêncio. Se prestasse bastante atenção, depois de um tempo notaria os pequenos burburinhos das folhagens dançando com a brisa: nada mais do que isso. Seja o que for agora estava a sua espreita e provavelmente tomaria duas vezes mais cuidado, antes de se mover. Você sabia que existia alguma coisa em algum lugar dali. E essa coisa, agora sabia que você o havia descoberto.

Um tempo se passou e nada aconteceu.

PS: Desculpe a demora. Estava com uns problemas referente às provas na faculdade. Agora tudo volta ao normal.  õ/

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Qua Abr 22, 2015 9:30 am

Sabia que estava sendo observado, tinha essa certeza bem clara dentro de mim. A questão era quem me observava? Seria mesmo a criatura dos rumores, ou alguém a espreita de um novato? Apostar seria arriscado, mas de ambas as formas sentia que a lamina que portava seria necessária. Ainda assim, não gostaria de saca-la antes do momento correto, me sentiria um idiota fazendo algo assim e recebendo o silencio como uma resposta. Manteria a mão repousada por sobre o cabo da arma, pronta para um saque, era golpear antes de ser golpeado. Na verdade, não negaria nunca que a situação me animava. Sentia o coração acelerando dentro do peito, cada vez com mais batidas fora de ritmo, perdidas entre a adrenalina e alegria crescentes que sentia. Não era idiota, não queria ser dilacerado por nenhuma fera monstruosa, mas como poderia mentir, afirmando que aquilo tudo não era excitante? Céus, quase me sentia como o herói de um conto infantil.

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 08

Mensagem por Aesthesys em Qua Abr 29, 2015 10:26 am

Uma certa tensão se instalava naquela parte indefinida de uma floresta denominada encantada. Talvez fosse sua mente pregando peças, mas aquela sensação desconfortável de estar sendo observado era extremamente... difícil. O silêncio que pairava por entre o balançar das folhas e a leve brisa, carregavam uma impressão de paz naquele bosque. Seria esta uma falsa impressão? O que guardava aquela floresta, por trás de todas essas matas? As vezes, o silêncio torna-se mais perturbador do que a fúria de uma tempestade impiedosa.

Sua mão sob a espada estava pronta para exibir qualquer resposta que você pudesse notar. Um estalo bastante incomum foi ouvido atrás de si. Mas desta vez, o barulho pareceu estar perto demais... O bastante, para perceber que havia algo ou alguém logo atrás de você.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Fenris em Seg Maio 04, 2015 5:21 pm

O silencio era afiado e doloroso. Sentia-me preso entre a ficção presente em todo aquele mundo e um medo real e agudo. O peito acelerado, os ouvidos aguçados, o tato presente em cada corrente de ar que sentia. Sorria por dentro, enquanto a face se mantinha em uma máscara fria, repleta de cautela e morte. Meu próprio olhar se mantinha sempre em movimento, estava realmente tenso com o ocorrido, não sabia o que esperar e justamente por isso esperava tudo. Esperava, era tudo que fazia tudo que poderia fazer até sentir aquela presença. Era inegável para mim, o silencio apesar de amedrontador não era o bastante para devorar minha sanidade, por isso mesmo sabia que algo estava atrás de mim. Por um leve segundo, sentia-me congelado pelo temor, uma hesitação não mais que momentânea gerada por nada além de minhas expectações. Era então que decidia agir. Minha mão deslizava pela espada enquanto os dedos sufocavam o cabo como garras, em um único movimento condicionava a cintura em um giro de corpo completo, virando-me para trás com espada ainda em saque e ombros prontos para desferir um ataque mortal. Golpearia o vento se preciso, mas manteria a espada em riste, verificando por um breve instante quem eu atacava antes de terminar o movimento, tentando desesperadamente frear o golpe caso o que visse não fosse inimigo e sim aliado.

_________________
avatar
Fenris
 
 

Mensagens : 15
Data de inscrição : 29/09/2014

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Aventura - O que era aquilo, afinal?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum