Welcome

Bem vindos à Caelum Online. Divirta-se neste mundo de realidade virtual cheio de mistérios, rumores e muita luta! Dizem por aí que algo de muito estranho circunda esse jogo. Será verdade?

RUMORES
RUMORES
NEWS
NEWS
Últimos assuntos
» Mais um novato na area!
Sex Jun 17, 2016 6:02 pm por Vincent Eldoras

» Registro de Imagens
Sex Jun 17, 2016 5:59 pm por Vincent Eldoras

» Um RPG interessante
Sex Maio 27, 2016 8:19 am por Michael Samson

» [CHAT] - Vamos conversar!
Sab Abr 02, 2016 1:39 pm por Aesthesys

» Eu estou aqui!
Sab Jan 30, 2016 1:29 am por Morrighan

» New guy comes to say hello
Sex Jan 29, 2016 6:27 pm por Balzack

» Eu voltei!
Seg Jan 11, 2016 5:37 am por Aesthesys

» [F.A.Q.] - Perguntas
Sab Jan 09, 2016 5:41 pm por Midnight

» [Aventura] - Aqualino
Sex Jan 08, 2016 6:22 am por Aqualino

VAGAS


6/9


Parceiros

PARCEIROS

Nosso banner:

____________________________________





Créditos

CRÉDITOS E AGRADECIMENTOS

CAELUM ONLINE é um rpg ambientado dentro de um ''jogo online'', com bases e referências de Sword Art Online, .Hack, Monster Hunter e Log Horizon. O role play game foi desenvolvido por Aesthesys. A skin e uma parte dos gráficos do fórum foram construídas pelo colaborador The Unnamed King. As imagens foram retiradas do site zerochan, deviantart e google e pertencem a seus respectivos autores.
É estritamente proibida a cópia de imagens, códigos ou sistemas do jogo sem a autorização prévia do dono do fórum. Agradecimento especial para todos que colaboraram com esse projeto, pois sem eles, eu jamais teria seguido em frente com essa ideia.

Muito obrigado! ??????

[Aventura] - Aqualino

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Aventura] - Aqualino

Mensagem por Aesthesys em Dom Jan 03, 2016 6:45 pm

INTRODUÇÃO

Tudo ao seu redor se escureceu. Você flutuava inerte em meio a este mar negro, até que um brilho tímido apareceu diante de seus olhos. Era incrível como o capacete de realidade virtual SVR te fazia sentir-se suspenso no ar. Por um momento você esticou suas mãos, olhando para elas. Foi possível ouvir sua própria respiração. É... Você realmente parecia estar dentro do jogo.

Derrepente o brilho se intensificou e você voltou a olhar para ele. Aquilo foi ficando cada vez mais forte, a ponto de você não conseguir mais olhá-lo diretamente. Eis que instantes depois, um imenso espelho ornamentado com formas onduladas e tingido por um dourado quase vivo, guardava o seu reflexo. Sua imagem permaneceu parada por um longo tempo, escutando a própria respiração. Seu peito no espelho acompanhava cada movimento conforme você expirava o ar pelo nariz e sua boca abria-se incrédula diante de tamanho realismo. Foi durante este momento que no canto inferior de sua visão as palavras “customização de avatar” explicariam, de forma reveladora, o que aquela interface representava. Você tocou sua face com os dedos frios e a imagem à sua frente também. Por um instante incontável você se imaginou com um cabelo azul e assim sua imagem, quase magicamente, transformou-se exatamente no que você havia pensado.

E então foi questão de tempo até que você entendesse a verdadeira utilidade daquele espelho: refletir suas vontades. Foi algo tão rápido e tão surreal, que o simples tempo que você levou o olhar para o que deveria ser o chão e voltou a direcioná-lo ao espelho novamente, foi o suficiente para que vislumbrasse a imagem ideal de como realmente queria parecer. Sua roupa de certa forma pomposa carregava cores belas, tão vivas quanto o espelho dourado. Pedras rosa brilhavam intensamente em pontos específicos de suas vestes, mas, em sua cintura, algo chamava ainda mais sua atenção: uma espada. Você vagarosamente levou uma de suas mãos até ela, sentindo por através do toque aquela superfície lisa e gelada que constituía o cabo dela. Suas mãos desceram a ponto de envolvê-la com firmeza e desembainhá-la lentamente, enquanto via por através daquele espelho o brilho vivaz e o som agudo que sua lâmina fazia ao sair da bainha. Passado alguns segundos de puro êxtase, agora seus olhos percorriam a espada a pouquíssimos centímetros de sua lâmina.

Você não soube se este nome foi sussurrado em seus ouvidos ou se ele veio derrepente, mas, hipnotizado pela beleza e pelo realismo daquela experiência, as seguintes palavras saíram de sua boca:

- Azure... Needle...

E então uma voz robótica e totalmente inesperada apareceu, pedindo-lhe um nome. Naquele instante você acordou do transe pelo qual estava preso e se tocou que o espelho começou a se distanciar de você até o ponto em que ele sumia no horizonte sem fim. Você calmamente recitou o nome "Aqualino" e a confirmação do registro foi declarada. A voz aparecia novamente junto a uma frase diante dos seus olhos, dando-lhe boas-vindas à Caelum Online. E foi num passe de mágica que toda a escuridão que o cercava passava a adquirir aspectos e diferentes tonalidades. Um som estranho começou a popular seus ouvidos e um cheiro discreto de flores circundava a sua volta. As cores então começaram a se embaralhar e a tomar formas cada vez mais distinguíveis, quando, finalmente, você sentiu seus pés tocarem uma superfície dura. Olhando para baixo, você avistou um chão coberto por pedras claras. Seu olhar subiu e repentinamente mais e mais pessoas passavam por sua volta. Vários grupos delas conversavam umas com as outras enquanto de fundo e além das vozes que permeavam uma espécie de praça, um tipo de música agradável e carinhosa o fazia sentir-se vivo. Se você olhasse para trás perceberia um cristal azul, maior que você, girar lentamente pelo seu próprio eixo. Atrás deste cristal uma enorme árvore protegida por um canteiro alto e coberto de grama parecia acolher e abraçar grande parte daquela praça com sua sombra. Por um instante seus olhos passaram por uma pequena placa na beira da rua, onde um nome lhe chamava a atenção: “Praça arterial”. Verdadeiros caixotes ficavam espalhados pela praça, muito deles empilhados sob o canto de algumas construções claras. Algumas poucas barracas ficavam de canto, como numa espécie de calçada que na verdade era somente um pequeno degrau mais alto das ruas com pedras brancas.

Quando deu por si, sua rapier intitulada de Azure Needle encontrava-se ainda em suas mãos. Você, completamente novo e perdido neste mundo, ou melhor dizendo, nesta nova realidade, encontrava-se em uma praça cheia de outras pessoas vestindo roupas chamativas, armaduras imponentes e carregando consigo armas dos mais variados tipos. As flores continuavam exalando um cheiro extremamente agradável, cada qual postas em outros canteiros espalhados pelo local, e a música, a rechear com esplendor um espírito de boa aventurança que continuava a crescer cada vez mais dentro de si.

Esta é Ethernity, e seja bem-vindo à Caelum Online!

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Aventura] - Aqualino

Mensagem por Aqualino em Dom Jan 03, 2016 7:50 pm


Aqualog "Caelum Online" #01
escrito por Aqualino em 27/10/2023, às 14:35 BRT.

Eu havia entrado no SVR já sabendo o que esperar, mas nada daquilo eu havia experimentado antes. Era como um mergulho em água profunda, sem pressão ou peso no corpo. Ainda me sentindo cair, foi surgindo em minha visão aquela luz branca que logo se tornou todo o espaço em volta. Eu ainda não acredito em como a Autumn Corp. conseguiu fazer tudo isso parecer tão real. Depois nessa zona branca me surgiu um espelho dourado que refletiu a mim mesmo, mas a imagem foi tornando-se o Aqualino que vocês já estão acostumados. Fiquei um pouco surpreso por não ter seleção de raça e classe, mas tudo isso se resolveu depois. Cara, eu tinha uma rapier embainhada, e eu nem tive que passar por menus ou tutoriais ou raids! O nome dela nem parecia programado, ele saiu da minha própria boca pra tela, Azure Needle! Eu estou pasmo até agora, sério. No fim, tive de por o nome. Claro que não largaria a tradição, então disse "Aqualino". Um som confirmou e o espelho sumiu, então me senti no chão. Começaram a vir cores, uma soundtrack relaxante e cheiros. É, cheiros! Não é a toa que uma das propagandas dizia "tão real quanto a realidade". Eu apareci numa cidade, bem metrópole, cheia de árvores e pessoas e um enorme cristal atrás de mim. Eu cheguei em Caelum, graças a vocês. Não os desapontarei, levarei a minha glória até os confins do server!




O início
Vennas
Aqualino deu três passos, embainhando sua espada e virando-se para o cristal. Estava ainda se acostumando com o corpo, tentando assimilar tudo ao redor, que chegou muito rápido. Uns 30 segundos depois, suspirou e fitou aquela grande rocha vítrea, se perguntando para que servia. Sua aparência era destoante de tudo que tinha ali, então ele devia servir para algo. Para descobrir isso, deveria encontrar outra pessoa e perguntar.
Decidido, voltou as costas para onde estava olhando e foi andando em direção à primeira pessoa que encontrou, dizendo:

- Como aquele cristal funciona? - num tom quase profissional, apontando para a grande pedra flutuante. Sabia que não deveria confiar nos outros quando se é novato, mas não tinha outra opção. Tinha que correr esse risco.


Aqualino
✩ Rank F ✩ No Guild ✩ Lawful-Neutral ✩
Played by: Arthur Ferreira



Última edição por Aqualino em Seg Jan 04, 2016 8:09 am, editado 1 vez(es) (Razão : Adição de Templates)
avatar
Aqualino

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/01/2016

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
95/100  (95/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 01

Mensagem por Aesthesys em Seg Jan 04, 2016 8:25 am

Seus passos produziram um som oco por sobre as pedras claras da Praça Arterial. A sombra proporcionava-lhe um frescor pela qual era claramente sentida em sua pele, que por vezes, uma brisa conseguia realçar ainda mais esta incrível sensação. O dia fazia-se realmente agradável com um sol alto que imperava o céu sem nuvens. Após três passos você virou-se para trás enchergando um enorme cristal que girava em seu próprio eixo, exalando um ar de misticismo e mistério por sobre sua pessoa. Algo mágico parecia rodear aquele monumento, como se, por algum motivo, ele se destacasse perante toda a paisagem da cidade de Vennas. Suas dúvidas perante tal objeto ecoavam em sua mente, até que, decidido a descobrir sua utilidade no jogo, virou pelos calcanhares e começou a andar para frente à procura de alguém que poderia lhe ajudar com relação a isso.

A Praça encontrava-se cheia de gente, muitas delas, conversando e gesticulando de forma demasiadamente alegre. De certa forma você podia entendê-los, pois esta mesma vibração parecia querer explodir de dentro de você a qualquer momento. Apesar de sua experiência em outros jogos que já exploravam a realidade virtual como ferramenta imersiva, o SVR atingia um grau de imersão nunca visto e jamais especulado entre a sociedade gamer na internet. Era incrível como você podia sentir o toque das coisas ao seu redor, o peso delas, o cheiro, a sensação térmica dos lugares pelos quais você andava e a forma como isso tudo se relacionava com suas próprias emoções dentro de Ethernity.

Você parou diante de um grupo de 3 jogadores que encontravam-se próximos. Eles mal notaram sua presença, até que sua voz interrompesse o assunto. No entanto, antes que você falasse algo, foi possível pegar um pequeno trecho da conversa deles.

- Vocês leram o BBS hoje? - O jogador moreno de cabelos longos e uma aparência um pouco feminina disse. Os outros 2 parceiros dele olharam um para o outro, demonstrando realmente não saberem sobre o assunto. – O jogo está oferecendo uma recompensa por um Boss no mapa @Forgotten_Tower_... - O rapaz parou a tempo ao escutar sua voz. Os três desviaram rapidamente o olhar pra você, que dizia:

- Como aquele cristal funciona? – O grupo de jogadores ficou por um tempo te olhando, obviamente confusos. De fato eles haviam sido pegos de surpresa pela sua chegada e demorou alguns instantes para que se situassem de novo. O jogador moreno claramente não gostou da sua aproximação e tinha uma espécie de carranca enquanto olhava a você. Ele deu um passo à frente, demonstrando que assumiria a situação, enquanto apoiava o braço esquerdo sob o ombro de outro jogador mais claro de cabelo branco penteado para trás. – Venha, Boro. Vamos atrás de mais informações... – Os dois deram uma meia volta e partiram deixando uma das pessoas para trás: uma garota de aspecto amigável que mantinha as mãos juntas à frente do corpo. O rapaz moreno enquanto caminhava indo embora teria parado por um breve instante e medido você dos pés à cabeça. Sua atenção foi chamada de volta a garota quando ela finalmente se pronunciou num tom animado.

- Você quer dizer... A Crystal Gate? – Ela olhava para você, receptiva. De momento não foi possível conseguir lembrar de nada que tenha lido sobre isso. – Bem... Ela é uma espécie de portal no jogo. Este portal abriga um algoritmo híbrido com inteligência artificial capaz de criar mundos por através da combinação de 3 palavras chaves. Venha até aqui, vou lhe mostrar como ele funciona. – Ela andava até o Crystal Gate, parando de frente a ele e dando uma olhada para trás. – A propósito, meu nome é Lyka (fala-se Laika). E o seu?

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 01

Mensagem por Aqualino em Seg Jan 04, 2016 9:15 am



Ajuda?
Vennas - Crystal Gate
Era tudo tão real, tão... Vivo. Se não tivesse as limitações de seu corpo humano com certeza viveria naquele mundo, o que fez Aqualino sentir um pouco de nojo de si. Claro, nunca fora uma pessoa muito aparente no mundo real até conhecer os MMOs, mas abandonar o mundo que proporcionou a sua fama era uma ideia ótima, porém cruel demais. Sumiu com o devaneio, afastando o ar em sua frente com a mão enquanto observava o grupo de pessoas conversando, as quais iriam ser as possíveis fornecedoras da resposta à sua dúvida. Eram três: Um de cabelos roxos, que só se percebia que era um homem pela voz; um de cabelos brancos, apesar da aparência jovem, com uma aparência um tanto "peculiar" aos olhos de Aqualino; e uma garota de cabelos vermelhos, aparentemente simpática, com aparência de uma Hunter, em outras instâncias.

- Venha, Boro. Vamos atrás de mais informações...
Virou os olhos com um olhar claramente aborrecido. Era claro o preconceito daquele pessoal com os novatos, mas eles não tinham culpa. Ninguém no jogo é obrigado a fornecer ajuda, e pouquíssimas pessoas gostam de ajudar os outros, mesmo na vida. Uma dessas rarissimas pessoas era a garota de cabelos vermelhos, que havia ficado para trás depois da negligência de seus prováveis companheiros em relação à necessidade do homem dos cabelos azuis.

- Você quer dizer... A Crystal Gate?
Estranho... Era um nome tão óbvio (e clichê) que ele deveria saber disso, mas a explicação que ele se deu foi fácil: Era um sistema operacional novo, então era natural esperar coisas extraordinárias e criativas, não um "Crystal Gate" genérico. A culpa era da expectativa, não do jogador. Aqualino assentiu com a cabeça, deixando que a garota continuasse falando. Ela tinha uma aparência prestativa, como se fosse um NPC de tutorial, mas vivo. Uma estratégia muito comum usada por PKs para assassinar jogadores novos, desde que MMOs existem. Pousou a mão esquerda no cabo de Azure Needle, fingindo estar apenas procurando apoio para o braço cansado.

– Bem... Ela é uma espécie de portal no jogo. Este portal abriga um algoritmo híbrido com inteligência artificial capaz de criar mundos por através da combinação de 3 palavras chaves. Venha até aqui, vou lhe mostrar como ele funciona.
Firmou a mão no cabo enquanto ouvia, parte por animação, parte por segurança. Não sabia onde o PvP funcionava naquele servidor, então todo cuidado era pouco. Formou um conjunto de três palavras aleatórias em sua mente, pensando em como isso seria realizado. Permitiria que ela demonstrasse a forma de usar o Crystal Gate, para depois decidir se iria para o próprio mapa ou acompanharia a moça caso ela fosse para um.

- A propósito, meu nome é Lyka. E o seu?

Entrou então num dilema mental. Pela fama de seu nome, era quase certo que Lyka o reconheceria e o trataria de forma diferente. Poderia demonstrar medo, raiva, curiosidade, adoração. Se fosse uma PK, ou fugiria ou tentaria cortar o bem pela raiz, atrasando a ascensão do PKK. Ou agiria normalmente, fingindo ou não ser um nome novo para ela. Uma decisão difícil: Segurança e anonimato ou risco e fama? Hesitou por alguns segundos. Não podia contar com a coordenação motora de seus dedos ou com poderes mais fortes, era apenas a própria habilidade de controlar o corpo.

Pausou para raciocinar e lhe veio a razão: Era um jogo online, então com certeza havia uma forma de ver os status, e consequentemente os nomes, dos outros jogadores, então não havia porque mentir. Deu à sorte uma chance, e disse, ainda com o tom executivo:

- Sou Aqualino. Prazer em conhecê-la. Antes de iniciarmos, tenho uma dúvida: Como funciona o PvP neste jogo?

Aqualino
✩ Rank F ✩ No Guild ✩ Lawful-Neutral ✩
Played by: Arthur Ferreira

avatar
Aqualino

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/01/2016

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
95/100  (95/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 02

Mensagem por Aesthesys em Seg Jan 04, 2016 12:43 pm

Lyka ouviu sua resposta e sua pergunta com atenção e surpresa, onde seus lábios abriram-se em um sorriso astuto. Ela então deu as costas para o Crystal Gate e após medi-lo dos pés a cabeça, repetiu seu nome em voz alta.

– Aqua... lino? – Seus lábios finos comprimiram-se derrepente em uma linha curta. Ela levou um dos indicadores até a boca e desviou os olhos para o alto, pensando. – Hum... Este nome não me é estranho... – Até então você não havia parado para olhá-la, mas, se caso o fizesse, veria uma garota não muito alta e nem muito baixa. Seus cabelos eram de um vermelho escuro e mantinham-se presos atrás da cabeça. Ela usava vestes com cores predominantemente vermelha e amarela, onde uma capa com abas pontudas descia cobrindo todas as suas costas e pernas. As mangas de sua blusa emendavam-se com uma espécie de luva vazada por onde se projetavam os dedos para fora. Um cinto comum prendia suas calças também vermelhas onde dois protetores laterais da mesma cor existiam. Uma enorme e longa bota cobria-lhe as pernas dos joelhos aos pés, que calçavam uma espécie de bota pontiaguda e chamativa. Atrás de sua capa uma grande espada cruzava a imagem da garota e era possível avistar um pequeno pingente de ursinho preso ao seu cabo logo acima de um de seus ombros. – Ah! Você é aquele rapaz da internet, não é? – Ela expressava com esta pergunta uma certa ignorância com relação a quem você era. – Ouvi falar uma vez que você fez muito sucesso em jogos online. – Derrepente a expressão comum dela transformou-se num constrangimento pessoal. Seu rosto corou levemente e ela pôs a se explicar. – Bem... Houve uma época em que meu irmão mais novo não parava de falar em você. – Ela ria, embaraçada, levando as mãos para trás da cintura. De fato o que ela lhe dizia parecia ser verdade e você não detectou nenhum traço que despertasse dúvidas ou atenção à você.

– Mas... Deixando essa história de lado, o jogo é dividido em Zonas neutras e Zonas abertas. Até onde eu sei, a única Zona neutra que conheço é Vennas, ou seja, esta cidade. As lutas aqui são aceitas apenas mediante um convite, mas, se alguém por algum motivo tentar burlar esta regra e atacar alguém sem este método legal, os Cavaleiros Dourados aparecem a fim de penalizar os envolvidos. – Ela fez uma pausa, abraçando a si mesma e esfregando os próprios braços em sinal de medo. – Você já deu uma boa olhada neles? Dão calafrios... – Levou alguns poucos instantes para se recompor e continuar a explicação. – As Zonas abertas, por outro lado, são áreas totalmente livres de qualquer repreensão por parte do sistema. É quase como se... O jogo incentivasse o PvP entre as pessoas. Você não acha? Essas áreas, pelo tempo de jogo que tenho, são todas as outras exceto Vennas. Isso é tudo o que sei.

Então ela virou-se de frente para o Crystal Gate de novo e apenas olhando de soslaio para você acrescentou:

– Você está pronto? Já tem as 3 palavras chave na cabeça? – Então ela suspirou, levando temporariamente as mãos até a cintura. – Quer uma dica, Aqualinus? Pense num lugar o qual você sempre teve vontade de ver e resuma-o em apenas 3 palavras... Geralmente é assim que eu faço. – Ela riu com sinceridade. – Se estiver pronto é só me dizer, que eu vou te ensinar a ir até lá. Tudo bem? – Ela piscou pra você e fez um sinal de V com os dedos.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 02

Mensagem por Aqualino em Seg Jan 04, 2016 1:31 pm



Primeiro Passo
Vennas - Crystal Gate

O sorriso e a expressão pensativa que se seguiu após a pronúncia do nome causou uma certa surpresa em Aqualino, já que não estava preparado para o total desconhecimento de seus feitos. Estava claro que ela não era uma jogadora experiente, e isso fez uma leve sensação de alívio tomar a consciência do homem.
Deteve-se então aos detalhes de seu avatar, enquanto Lyka buscava algo na própria mente. Vestes vermelhas, com poucos detalhes em amarelo e menos ainda em branco, promovendo o estilo e leveza em quase perfeita harmonia. Num jogo virtual detalhes como estes não modificam nada o desempenho do personagem, mas tendem a falar muito sobre seu jogador. Notou o pequeno pingente de urso preso à espada que ela levava nas costas, e antes que pudesse seguir com sua análise, a voz da menina chamou sua atenção.

- Ah, você é aquele rapaz da internet, não é? Ouvi falar uma vez que você fez muito sucesso em jogos online.

De fato, havia feito. Algo nessa garota não parecia normal, como se a presença do personagem de Arthur a pressionasse. A face dela começou a corar, e foi impossível não expressar dúvida, esta que logo depois seria esclarecida.

- Bem... Houve uma época em que emu irmão mais novo não parava de falar em você.

Abafou um sorriso com a mão, depois fingiu tossir. Mesmo depois de anos, ainda se sentia engraçado quando alguém mencionava um fã. "Avise a ele que estou em Caelum", pensou em dizer, mas se ele ainda tivesse interesse no paradeiro do "Lendário PKK", ele saberia. Voltou à postura de antes e continuou ouvindo.

- Mas... Deixando essa história de lado, o jogo é dividido em Zonas neutras e Zonas abertas. Até onde eu sei, a única Zona neutra que conheço é Vennas, ou seja, esta cidade. As lutas aqui são aceitas apenas mediante um convite, mas, se alguém por algum motivo tentar burlar esta regra e atacar alguém sem este método legal, os Cavaleiros Dourados aparecem a fim de penalizar os envolvidos. As Zonas abertas, por outro lado, são áreas totalmente livres de qualquer repreensão por parte do sistema. É quase como se... O jogo incentivasse o PvP entre as pessoas. Você não acha? Essas áreas, pelo tempo de jogo que tenho, são todas as outras exceto Vennas. Isso é tudo o que sei.

Uma polícia dentro de um jogo online, que só se importa com a própria casa. Não muito diferente do mundo real, com certeza. Já havia jogado muitos jogos que incitavam o PvP, mas não de uma forma tão brutal a esse ponto. É um SVR, então a dor deve possivelmente ser sentida também, o que torna o PK um ato ainda mais cruel, e sua presença ali ainda mais importante. Após todas aquelas informações, Aqualino decidiu dar uma chance à garota. Ela virou-se para o cristal, e perguntou se ele havia as três palavras na cabeça. Antes mesmo de ela terminar o que dizia, a voz dele sobrepôs a dela, mencionando:

- Lawful. Glass. Sanctuary. São estas as três palavras que escolhi. Agora vamos ver como isso funciona. - puxou o florete para fora da bainha com a mão esquerda, jogando-o no ar para ser pego com destreza pela mão direita, desenhando uma onda no ar antes do braço pousar ao lado do tronco. Assim, estaria armado no momento em que entrasse no mundo novo. Por dentro, estava quase gritando de ansiedade. entraria, de fato, no jogo. E isso seria uma ótima história a ser contada.

Aqualino
✩ Rank F ✩ No Guild ✩ Lawful-Neutral ✩
Played by: Arthur Ferreira


_________________

_ Aqualino _
Hunting the hunters

avatar
Aqualino

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/01/2016

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
95/100  (95/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 03

Mensagem por Aesthesys em Ter Jan 05, 2016 6:23 am

Enquanto ela falava foi possível escutar sua voz sobrepondo a de Lyka. Naquele instante os olhos dela se abriram mais que o normal e tornaram-se vazios, talvez, pela surpresa diante de um ato com tamanha determinação. Quando finalmente foi capaz de recuperar a expressão em seu rosto, o que se desenhou nele foi um riso carismático, como se de alguma maneira, aquilo significasse uma profunda empatia com seu gesto.

– Esta é com certeza uma boa combinação... – Lyka deu um passo à frente, ficando mais próxima do que deveria daquele imenso cristal. Ela permaneceu por um momento parada diante daquele imenso espelho olhando para si mesma como se estivesse perdida em outros pensamentos. Se você observasse bem o reflexo dela no cristal, veria um sorriso mesclar-se com um estranho pesar em seus olhos. Ela derrepente desviou o olhar para o lado, talvez pegando você de surpresa, afinal de contas, não era possível saber daquele ângulo que ela podia o enxergar se quisesse. Sem se virar, ela disse em bom tom:

– Isso vai ser interessante. Está pronto? Tudo o que você deve fazer é se aproximar o suficiente do Cristal e estender paralelamente a palma da mão para ele. – Para ilustrar o que estava explicando, Lyka fez este gesto para com o cristal. – Feito isso, diga: Lawful Glass Sanctuary. – A partir do momento em que estas palavras foram ditas, vários fachos de luzes em formato de cubo cercavam o corpo de Lyka. Ela virou o pescoço para sua direção e lhe fazia um sorriso confiante. Então um facho em particular, mais grosso e maior, surgia nos pés da garota. Este cubo de luz foi lentamente subindo e aumentando progressivamente sua velocidade, sendo que no sentido pelo qual ele passava, a imagem de Lyka ia desaparecendo. Por fim, quando este facho de luz maior percorreu todo o corpo de Lyka, transportando-a para @Lawful_Glass_Sanctuary, ele também desapareceu e por fim você foi capaz de ver pela primeira vez como o Crystal Gate funcionava.

Você acompanhando os mesmos passos de Lyka, aproximou-se do cristal visualizando seu próprio reflexo a alguns poucos centímetros de si mesmo. Estendeu sua palma diante do cristal á ponto de tocá-lo, proferindo, sucessivamente, as palavras Lawful Glass Sanctuary. E então os mesmos anéis de luz começaram a subir e descer seu corpo em grande quantidade, como se fosse uma espécie de scaneamento, seguido por um facho muito maior e mais luminoso que vagarosamente começou a subir seus pés até o ponto de ele cobrir o seu rosto e você enxergar-se num outro lugar completamente diferente do que estava. Este lugar era agradavelmente claro. Você ficou por alguns segundos espantado com a mudança de cenário, até que se ouviu dois passos ecoarem pelo salão onde se encontrava. Ao olhar instintivamente para trás, lá estava Lyka, á ponto de quase rir da expressão que se instalou em seu rosto.

– Incrível, não é? – Ela sorria, pacientemente esperando que você pudesse se recompor. Se você olhasse ao seu redor, veria um Crystal Gate bem atrás de você. Este portal estava sob um pequeno hall de 3 a 4 degraus acima do chão. À sua volta existiam parapeitos que batiam na altura de sua cintura, basicamente, cercando você, Lyka e o Crystal com mais ou menos 5 metros de diâmetro. Mas, além disso, o que mais lhe chamava a atenção era o aspecto das coisas ao seu redor. Vocês estavam em uma espécie de calabouço vítreo cujas enormes paredes se erguiam por sobre suas cabeças. Mesmo o chão onde vocês pisavam possuía este mesmo aspecto, assim como basicamente tudo o que compunha o mapa em si. Elas possuíam uma certa transparência e grau de pureza que era difícil de qualquer um de vocês explicar. A luz ambiente, apesar de fraca, era capaz de conseguir refratar um reflexo quase espiritual de vocês. Um reflexo fraco e fortemente saturado com luzes douradas. Lyka pôs-se a andar novamente e seus passos ecoavam um barulho delicado, mas que certamente reproduzia segurança ao andar. O Hall circular onde vocês se encontravam ligava-se a uma pequena ponte que desembocava em um chão flutuante, sem nenhum tipo de apoio visível. Aquele era um espaço um pouco maior que o próprio Hall e se você o olhasse bem, veria várias placas espelhadas dispostas no ar como se fosse um tipo de escada circular.

– Aqualinos... – Lyka chamava sua atenção, esperando que a olhasse. – Haja o que houver aqui, se algo sair do controle, corra. As zonas livres em Caelum Online não são áreas que você pode sair ou entrar quando e como quiser. A única entrada e a única saída possível dentro destes mundos são através da Crystal Gate, que nem sempre se encontram próximas. – Ela sorria, sentindo-se desafiada. – Temos de ir até o fim. Mas cuidado... Não sabemos o nível exato das criaturas que habitam esse lugar. – Ela erguia a mão direita sob o ombro esquerdo, pegando no cabo de sua grande espada. O pingente de ursinho cambaleou com a pegada e se sacudiu ainda mais conforme ela trazia com fervor a espada até a frente do corpo. Uma canção delicada e calma fazia a música ambiente daquele mundo. O vento batia contra o cabelo de vocês, alçando vôo.

Você está pronto? – Ela lançava um olhar confiante e otimista pra você, começando a andar em direção às escadarias do lugar.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 03

Mensagem por Aqualino em Ter Jan 05, 2016 7:49 am



@Lawful_Glass_Sanctuary - Crystal Gate

Ao fim da explicação, fez um sinal positivo com a cabeça e começou a andar até se colocar ao lado da garota, que já com a mão estendida paralela ao cristal, terminava a palavra "Sanctuary". A luz começou a envolvê-la, como se ela estivesse se tornando puro Data, e sem demora Aqualino mostrou a palma esquerda ao Crystal Gate. Respirou fundo antes de dizer, enquanto Lyka com sucesso já estava em outro lugar. Estava com receio de entrar naquele mundo, mas seria melhor se livrar do seu medo quando iniciante, se não nunca melhoraria a si mesmo.
Juntamente com um som de decisão, vieram as palavras. Lawful Glass Sanctuary, num tom decidido e forte, claramente audível para qualquer pessoa ali. Enquanto os feixes de luz e data o envolviam, ele percebeu seu erro, mas nada podia fazer quanto a isso. Limitou-se a olhar em volta antes que sua cabeça fosse transportada, mas o invólucro que o teleporte criava impedia quase que totalmente a visão da área do lado de fora. Enfim, sumiu.

Os pés dele tocaram o chão depois de meio segundo do corpo flutuando devido à diferença de altura dos locais. Tok, tok. Virou-se instantaneamente para trás, com uma expressão mista de maravilha e susto, mas alivou-se, tendo em visão aquela que o havia guiado e o Crystal Gate. Balançou a cabeça, voltando a face à posição habitual. Com a ponta do florete, tentou riscar o chão, apenas por teste. Repentinamente, ela o chamou, querendo dizer algo importante:

- Aqualino... Haja o que houver aqui, se algo sair do controle, corra. As zonas livres em Caelum Online não são áreas que você pode sair ou entrar quando e como quiser. A única entrada e a única saída possível dentro destes mundos são através da Crystal Gate, que nem sempre se encontram próximas. Temos de ir até o fim. Mas cuidado... Não sabemos o nível exato das criaturas que habitam esse lugar.

Sentiu a veracidade nas palavras da moça, e sorriu confiante no momento em que ela sorriu. A dificuldade é a graça de qualquer jogo, então por que não enfrentá-los? Não correria de um desafio nem se quisesse. Era a natureza, tanto do jogador quanto do personagem, encarar obstáculos de arma em mãos e cabeça erguida. Seguiria até o fim daquele mundo, nem que fosse uma Boss Rush que esperasse os dois ali em frente. A forma com que Lyka empunhou a arma, decidida, fez com que ele se animasse ainda mais, mas ele decidiu conter-se, mantendo apenas um resquício de sorriso em sua face. Sentiu o vento bater em suas costas, como se vindo de dentro do calabouço, e sentiu-se chamar. Era a hora. Virou-se de frente para os degraus, indo em direção à escada circular lentamente.

- Você está pronto?

Sem responder, parou na metade da ponte que ligava o Grande Hall ao Crystal Gate, e apontou o florete para frente, esperando que Lyka alcançasse a sua posição, e depois iniciaria uma corrida até o centro do salão para onde estava virado, para fazer rápido conhecimento do local.

Ele estava pronto.

Aqualino
✩ Rank F ✩ No Guild ✩ Lawful-Neutral ✩
Played by: Arthur Ferreira



OFF: Música de fundo linkada no título.

_________________

_ Aqualino _
Hunting the hunters

avatar
Aqualino

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/01/2016

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
95/100  (95/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 04

Mensagem por Aesthesys em Ter Jan 05, 2016 11:51 am

Azure Needle conseguia fazer um risco bastante superficial no chão de vidro do local. Você em silêncio adiantou o passo até o centro da ponte que ligava o Crystal Gate ao mapa em questão. Lyka o observava de maneira curiosa assumindo a frente do caminho, tentando decifrar o significado dos seus gestos. Ela ainda andava atrás de você no momento em que estacou derrepente e, apontando sua rapier em direção à plataforma flutuante de vidro, demonstrou estar mais pronto do que Lyka poderia ter imaginado. Ela assentiu com a cabeça e firmando os olhos de um modo sério sob o rosto apertou o passo até que começasse a correr. Quando você deu por si, estava correndo lado a lado com ela, ambos de armas em punhos e coragem sob a frente de qualquer resquício de medo ou covardia.

Vocês transpassaram a ponte depressa, pisando sob a plataforma. O reflexo áureo de vocês destacava-se nas paredes de vidro daquele mundo, ambos imbuídos de uma determinação incomparável. Lyka dirigiu-se até o centro da plataforma com sua espada em riste, parecendo esperar algo que ela sabia que estava por vir, e de fato, estava vindo. Pequenos tilintares finos e agressivos, aos montes, podiam ser escutados vindo escada abaixo.

– O que faremos? – Ela perguntava, colando as costas dela com a sua e assumindo posição de batalha. Suas pernas se arqueavam levemente para frente, onde um dos pés projetava-se mais além como apoio. O cabo comprido de sua espada era segurado pelas duas mãos pequenas dela onde a lâmina permanecia diagonalmente para cima. – Estes sons estão vindo de cima, e seja lá o que for, tem pressa. – Os ecos tornavam-se cada vez mais fortes, indicando a aproximação iminente da ameaça. Houve um momento em que estes sons pararam repentinamente fazendo com que a atenção de você e Lyka fossem chamadas pra cima. Lá, a poucos metros de altura de vocês, uma sombra corpulenta havia saltado para a plataforma e causado um estrondo ao aterrissar capaz de não só fazer estilhaços de vidro esvoaçar para todos os lados, como também desestabilizar levemente o equilíbrio que o chão de vocês mantinha.

Passado os estilhaços, uma criatura enorme com um pouco mais de 2 metros de altura erguia-se sobre vocês. Seu corpo era largo e tinha um aspecto brilhoso como cristal e translúcido como o vidro. Ele possuía braços mais parecidos como duas enormes toras e dedos de cristais pontiagudos. Suas pernas eram curtas e iam se afinando conforme desciam ao chão. Três pilares também pontiagudos erguiam-se por através de suas costas como verdadeiras estacas. A criatura rugiu de maneira muito alta e seu grito gutural fez com que o chão tremesse levemente sob seus pés que àquela altura, já o haviam sentido. A criatura sem pestanejar puxou seu braço para trás armando um poderoso soco em direção a vocês. Foi só então que ambos foram capazes de notar que o braço dele não era diretamente ligado ao corpo, mas sim, que flutuava em torno dele. O braço assumiu uma certa distância para trás e saiu como uma estilingada na direção dos dois.

O tempo foi tão curto que a única coisa que você foi capaz de escutar de Lyka foi:

– Cuidado!

O soco vinha na direção de vocês e agora não havia tempo para pensarem um no outro, mas sim, salvar a si mesmo.

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 04

Mensagem por Aqualino em Ter Jan 05, 2016 12:45 pm



@Lawful_Glass_Sanctuary - Great Hall F1


Assim que Lyka assumiu a estância de batalha, colando as costas com a de Aqualino, este que estava em inabalável calma e postura, a música de fundo lentamente se esvaia, porém concentrado em descobrir o que os ameaçava, o duelista nem percebeu. Queria dizer "Mantenha a calma"~, mas as palavras não tiveram tempo de sair. Descendo como um meteoro, o que poderia ser chamado de Golem de Cristal quebrou o piso superior, aterrissando muito próximo aos dois espadachins, e junto com sua queda, o primeiro tom de uma outra música se iniciou. Misto de piano com teclado 8-bit, num ritmo estimulante que incitava a batalha. Aqualino virou-se para a esquerda, deixando o florete com maior alcance para a direita.

- Combate! - disse ele em meio aos estilhaços.

Tudo isso ocorreu em menos de um segundo, antes que a poeira baixasse e se mostrasse o enorme monstro preparando um ataque. Era vítreo como o resto do ambiente, sendo quase invisível se não fossem as enormes esferas amarelas e as diferenças de reflexão da luz que se dava pela sua forma lapidada. Enorme braço de cristal, como uma estalactite preparada para ser disparada por um canhão apontada para a temporária dupla de jogadores. Era chegada a hora.

- Cuidado!

Saltou para a direita, querendo sair da zona de efeito do golpe, mas ainda apontando o florete para o oponente. Assim que o golpe passasse sem acertá-lo, correria em passos leves para o flanco da criatura e tentaria atacá-la com um único golpe em uma das vértices de seu corpo, de forma que a Rapier entrasse para dentro do cristal.

Azure Needle, se os acontecimentos favorecessem, escreveria um X três vezes na frente de seu guerreiro, para depois à sua direita girar em volta do próprio cabo e, apontando para o Cristal Vivo, entraria por entre as divisões da própria pedra, de forma que esta em teoria racharia até se tornar nada além do que o Golem de Cristal fez do piso que destruiu.

Aqualino
✩ Rank F ✩ No Guild ✩ Lawful-Neutral ✩
Played by: Arthur Ferreira


_________________

_ Aqualino _
Hunting the hunters

avatar
Aqualino

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/01/2016

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
95/100  (95/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 05

Mensagem por Aesthesys em Qua Jan 06, 2016 5:59 am

O braço direito do golem de cristal saiu disparado em direção aos dois jogadores. Você saltou bem para o lado, conseguindo escapar com uma certa folga daquele poderoso ataque. Lyka, por sua vez, tentou se esquivar, mas foi pega pelo catastrófico soco da criatura. Nenhum movimento que ela tenha tentado fazer foi rápido o bastante para que amenizasse o golpe levado. Um grito alto se esvaiu da garota e a sua espada voou para longe assim que seu corpo foi impactado pelo murro. O corpo dela foi lançado alguns metros para trás e logo ao bater contra o chão deslizou quase até a beira da plataforma onde a batalha ocorria. Dado a velocidade com a qual ocorriam os fatos, você não foi capaz de se atentar a isso tudo e teve de manter o foco na própria luta. Sua única certeza é que Lyka havia sido pega e você não tinha certeza se ela estava bem.

Você iniciou uma corrida antes mesmo que o braço pudesse ser puxado de volta para o golem. A fumaça e os estilhaços de vidro que saíram quebrados do chão voavam por sobre sua cabeça e limitavam um pouco a visão de ambos os lados, mas não de forma o suficiente para incapacitá-los. Os olhos do golem ao notarem sua rápida aproximação brilharam intensamente e um outro rugido de fúria fazia estremecer a plataforma. Flanqueando o monstro pelo lado esquerdo de seu corpo, você visou realizar um ataque de perfuração contra alguma vértice existente naquele enorme cristal ambulante. Isso poderia maximizar os danos e, quem sabe, acabar com ele em um golpe só.

A Azure Needle riscou o próprio ar três vezes na sua frente, girando em volta de seu próprio cabo e executando um ataque de perfuração mirado nos vértices da cintura do golem. O mesmo tentou bloquear o golpe com o braço esquerdo, falhando miseravelmente. Seu ataque não conseguindo ser impedido, acertou o golem um pouco acima da região de onde você havia mirado. O local acertado seria mais ou menos na lateral do estômago da criatura. No momento em que a espada o acerta, um grande ícone avermelhado surge acima da cabeça do golem dizendo: “Dano crítico” e fazendo um efeito sonoro alto que chegou a arrepiar você de tanta ação envolvida naquela batalha.

O golem ao receber um dano com aquelas proporções cambaleou para o lado direito dele, que a esta altura, já possuía junto a seu corpo o braço que havia sido disparado como um soco. O mesmo apoiou-se no chão para que de fato não caísse com o golpe levado e assim você conseguiu alguns segundos de vantagem, seja para socorrer Lyka no chão, seja para tentar atacar novamente ou correr. Sua espada ainda permanecia fincada no corpo vítreo daquele enorme monstro translúcido.
-

Aqualino escreveu:
HP: ████████████ (100%)
SP: ████████████ (100%)

Lyka escreveu:
HP: ██████████     (80%)
SP: ████████████ (100%)

Golem escreveu:
HP: █████████      (70%)
SP: ████████████ (100%)

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 05

Mensagem por Aqualino em Qua Jan 06, 2016 12:13 pm



Critical!
@Lawful_Glass_Sanctuary - Great Hall F1


Ouviu o distante grito de sua atual aliada, mas não havia mais o que fazer. Estava no meio de um movimento, uma abertura única que provavelmente não conseguiria de novo tão cedo. Cacos de vidro e fumaça envolviam o núcleo do embate, atrapalhando a visão dos dois combatentes o suficiente para ocultar o deslocar de Aqualino, que deu ao Golem de Cristal tempo apenas de vislumbrar sua face antes de se posicionar em seu flanco esquerdo. O corpulento e transparente ser urrou em fúria primitiva, prejudicando o equilíbrio do Duelista, que naquele momento preparava um ataque que mirava um ponto mais frágil do corpo vítreo.

Artisticamente girou a arma, entrando em movimento de ataque. Teve a destreza de desviar o braço esquerdo do ser que impedia o acerto, e ainda assim acertar próximo à área na qual havia mirado. Um som alto que assustaria qualquer um que não estivesse acostumado com MMOs acompanhado por um enorme ícone avermelhado sobre aquele que caiu do andar de cima assegurou um Acerto Crítico, com dano e efeito aumentados. A arma havia ficado presa, e o monstro havia começado a tombar para o lado, encontrando apoio no braço que havia usado como arma contra a dupla de jogadores. Aquele que vestia as roupas azuis virou para o lado, e em meio à confusão gráfica que se formava devido à batalha, viu o corpo de Lyka deitado no chão, separado de sua enorme espada. Havia com certeza algum tempo de vantagem devido ao atordoamento que causou no golem, então desfez sua postura de batalha por um momento e no próximo já estava com o pé direito apoiado na criatura para puxar Azure Needle daquela posição que a tornava inutilizável.

Lyka podia esperar, o perigo deveria ser eliminado primeiro. Puxou o florete como se o estivesse desembainhando, e na mesma posição "relaxada", ergueu a mão direita que empunhava o instrumento, quase que inconscientemente. Começou a desenhar no ar com a ponta de metal um cristal, e um suave brilho começou a tomar a lâmina. No fim do movimento, puxou o braço direito para trás com a arma apontando novamente para seu oponente. Fechou os olhos, inspirou e fez sua voz ecoar por todo o andar: " ICICLE PUNCTURING STRIKE ", e a lâmina radiante ia de encontro ao corpo do ser de dois metros que ameaçava a integridade do corpo dos personagens.

Era um ataque violento, que poderia conceder uma vantagem decisiva aos jogadores.

Aqualino
✩ Rank F ✩ No Guild ✩ Lawful-Neutral ✩
Played by: Arthur Ferreira

_________________

_ Aqualino _
Hunting the hunters

avatar
Aqualino

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/01/2016

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
95/100  (95/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 06

Mensagem por Aesthesys em Qua Jan 06, 2016 2:00 pm

Aqualino teve um ataque bem sucedido, pelo qual, foi bom o bastante para que a criatura tivesse de se segurar para não cair ao chão. Motivado pelo sucesso, ele retirou a Azure Needle de dentro do monstro de vidro e agora se preparava para desferir um golpe possivelmente ainda mais fatal: a ICICLE PUNCTURING STRIKE. A lâmina de sua espada riscou o vento várias vezes seguidas, despertando um brilho que só podia indicar uma coisa: Skill. Lyka já recuperada do impacto acabava de se sentar no chão e podia vislumbrar o brilho da espada de Aqualino. A cena fez com que ela se levantasse o mais depressa e corresse para de encontro à sua enorme espada, chamada Goliath. O espírito de combate é algo sobrenatural. É um tremor que te impulsiona para de encontro à luta. É uma motivação capaz de inibir qualquer medo. Ver Aqualino em pleno combate contra uma criatura quase duas vezes maior do que ele a fazia se sentir exatamente assim.

Foi isso que a fez ter forças para retornar ao combate, e foi isso que a fez querer de qualquer modo acertar aquela criatura. Os olhos do monstro vítreo brilharam mais uma vez e outro rugido era emitido a fim de bater de frente com a determinação de Aqualino. Mas isso não o parou. Ele levou a espada para trás, pronto para dispará-la e perfurar aquela carcaça translúcida da criatura. A mesma, por sua vez, levantava-se pronta para encarar o golpe. A rapier rasgou o ar em sua direção logo em seguida, fazendo parecer que um raio havia cruzado a distância entre Aqualino e o monstro. Azure entrou no peito da mesma com facilidade e o brilho azul que emitia de sua lâmina causou uma grande explosão onde cacos de vidros e mais fumaças esvoaçaram-se contra o rosto do portador da rapier.

O monstro rangeu ao levantar ambos os braços para cima, disposto a ignorar qualquer dano sofrido em troca de acertar o homem de azul. Seu próximo rugido foi avassalador e Aqualino agora via-se numa situação perigosa. Um sacrifício do monstro ao tomar todo o dano da Azure Needle em prol de satisfazer sua vontade avassaladora de esmagá-lo. Quando seus enormes braços faziam menção de se desvencilhar por sobre sua cabeça, um grito foi ouvido.

- Colossal Slash!

Lyka arrastava Goliath pelo chão com ambas as mãos em um golpe que viria provavelmente de baixo para cima. A jogadora corria para de encontro às costas da criatura com a arma em mãos brilhando fortemente. Sua lâmina emitia uma luz vermelha e a determinação de Lyka era tamanha, que Goliath lançou-se no ar em um corte de baixo para cima rasgando as costas do Golem de vidro. A criatura deu seu último rugido antes que o corte transpassasse seu próprio peito e o rasgasse em dois. Instantes depois o monstro translúcido desfragmentava-se em dados que sumiriam posteriormente no ar.

Apesar de o monstro tampar a visão de Aqualino, ele viu Goliath rasgar o golem ao meio. Quando sua imagem se desfez do jogo, lá estava Lyka, de pé, apoiando sua enorme espada nos ombros e sorrindo, agradecida, para o PKK. Lyka encontrava-se com a aparência bastante judiada e vários cortes pelo corpo. Se fosse a realidade pela qual Aqualinos estava acostumado, aqueles cortes estariam sangrando. Mas curiosamente em Caelum Online estes eram como pequenas fendas que emanavam uma luz vermelha e bastante fraca.

Se a Azure Needle não tivesse sido retirada do corpo do Golem, ela provavelmente cairia no chão reproduzindo um som agudo contra o vidro da plataforma.
-------

Aqualino escreveu:
HP: ████████████ (100%)
SP: ████████████ (95%)

Lyka escreveu:
HP: ██████████     (80%)
SP: ████████████ (95%)

Golem escreveu:
HP: (0%)
SP: (0%)

_________________
 
avatar
Aesthesys
 Staff
 Staff

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/06/2014
Idade : 24
Localização : SP

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
100/100  (100/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário http://caelum-online.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Turno 07

Mensagem por Aqualino em Sex Jan 08, 2016 6:22 am



Victory
@Lawful_Glass_Sanctuary - Great Hall F1

Diante de Lyka, Aqualino estava com Azure Needle na mão direita, com uma face ainda alterada pela batalha. Quando a música de combate sumiu, dando lugar à música ambiente, sua expressão voltou ao normal. Havia acabado de testar o sistema de batalha de Caelum, e viu que aquilo seria mais divertido do que pensava. Talvez o Grinding não seja tão monótono assim.

Notou os cortes no corpo da garota: "Isso dói?", apontando com a rapier para os ferimentos. Aguardaria a resposta, responderia "Ok.", viraria-se e iria em direção ao segundo andar. "Precisamos progredir, apesar disso. Pode ser diferente aqui, mas de onde venho, quanto mais cedo se completa um mapa, maior é a recompensa. Não acho que queira perder essa chance.". Andava em passos lentos, pouco mais rápidos que um noivo adentrando a igreja, mas com o mesmo grau de importância.

Tinha certeza que aquele não era o único oponente dali.

Aqualino
✩ Rank F ✩ No Guild ✩ Lawful-Neutral ✩
Played by: Arthur Ferreira


_________________

_ Aqualino _
Hunting the hunters

avatar
Aqualino

Mensagens : 9
Data de inscrição : 03/01/2016

 
HP:
100/100  (100/100)
SP:
95/100  (95/100)
EXP:
0/200  (0/200)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Aventura] - Aqualino

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum